MPEG-H Audio logo

A Globo habilita áudio MPEG-H em canais comerciais abertos em três estados brasileiros

O maior grupo de mídia da América Latina, o Grupo Globo, impulsiona a mudança na produção, transmissão e consumo de mídia para um sistema preparado para o futuro. Em um grande passo na evolução da TV Digital no Brasil, a Rede Globo torna o padrão SBTVD TV 2.5 uma realidade.

 

Globo Commercial

 

A Globo transmitiu todos os jogos da Copa do mundo do Catar com som imersivo MPEG-H no padrão brasileiro TV 2.5 em seus canais comerciais abertos das emissoras do Rio de Janeiro, São Paulo e Recife. A emissora disponibilizou uma experiência sonora fantástica, 24 horas por dia para todos os telespectadores da Globo sintonizados nos respectivos canais.

“Para lançar novas tecnologias no mercado, precisamos resolver a questão do ‘ovo ou galinha’, por isso, decidimos começar a transmitir usando essas tecnologias. Depois de testar o áudio MPEG-H em laboratório por muito tempo, escolhemos algumas cidades nas quais lançamos o MPEG-H em nossa transmissão aberta”, explica Paulo Henrique Castro, Diretor do MediaTech Lab, Grupo Globo. “É isso que queremos não apenas demonstrar, mas, principalmente, promover na Globo. A ideia é ter conteúdos cada vez mais imersivos em nossas plataformas: VoD, streaming, Globoplay, além das transmissões ao vivo.”

Essa nova experiência de áudio foi possível graças a um grupo de parceiros comprometidos com os avanços tecnológicos, que há anos apoiam a implementação de tecnologia de ponta no Brasil. Além do Fraunhofer IIS com o áudio MPEG-H, a Ateme forneceu soluções de codificação de baixa latência, enquanto os aparelhos de TV no Brasil alimentados pelos chips da MediaTek ofereceram todo suporte necessário à implementação do MPEG-H: “Oferecer a mais alta qualidade de vídeo e áudio para o público brasileiro é uma prioridade na MediaTek”, explica Alfred Chan, vice-presidente de TV BU, Smart Home Business Group da MediaTek. “Ao habilitar o áudio MPEG-H para transmissão ISDB-T e streaming em nossa principal série Pentonic, levamos a experiência televisiva para o próximo nível.”

Depois de uma série de testes bem-sucedidos realizados em grandes eventos no passado, a Globo agora deu mais um passo e habilitou o áudio MPEG-H em sua transmissão regular. Este é um marco no caminho para um serviço de cobertura total com som imersivo que pode ser adaptado às preferências pessoais dos ouvintes.

“Trabalhar junto com a Globo para dar vida às mais recentes inovações é sempre um desafio empolgante e divertido”, diz Adrian Murtaza, gerente sênior de tecnologia e padrões da Fraunhofer IIS. “Estamos orgulhosos de fazer parte desse grande passo que possibilita ao telespectador no Brasil desfrutar de uma experiência única com som imersivo e personalizado por meio de receptores capazes de decodificar o MPEG-H.”

 

Header image: © Adobe Stock: SNEHIT PHOTO

Contact

If you have any questions, suggestions, or if you need further information, please do not hesitate to contact us. For more information, please contact
audio-info@iis.fraunhofer.de
 or visit our website 
www.iis.fraunhofer.de/audio.