O Futuro da Transmissão no Brasil

Está em curso no Brasil uma grande atualização tecnológica do sistema de TV digital. A padronização do sistema de TV Digital de próxima geração, denominado TV 3.0, é realizada atualmente em parceria entre o Ministério das Comunicações e o Fórum Brasileiro do Sistema de TV Digital Terrestre (Fórum SBTVD). O áudio MPEG-H foi selecionado como o único sistema de áudio obrigatório para TV 3.0 e os primeiros testes usando as tecnologias selecionadas para TV 3.0 ocorreram durante a Copa do Mundo de futebol no Catar em 2022. A transmissão oficial de TV 3.0 usando tecnologias altamente sofisticadas está prevista para começar em 2025.

Parte do processo é a transição, passo a passo, através do atual sistema de TV digital terrestre TV 2.5. Este sistema já inclui MPEG-H como sistema de áudio adicional para aprimorar a experiência do usuário com som imersivo e personalizado. As principais emissoras brasileiras fizeram parceria com o Fraunhofer IIS para explorar todas as oportunidades da nova tecnologia de áudio e implementar o MPEG-H em seus fluxos de trabalho de produção e infraestrutura de transmissão. Globo, o maior grupo de mídia do Brasil, usou o áudio MPEG-H durante a Copa do Mundo de futebol de 2023 e, desde então, começou a transmitir 24 horas por dia, 7 dias por semana com MPEG-H. A Rede Amazônica foi a primeira a oferecer o serviço de áudio MPEG-H 24 horas por dia, 7 dias por semana em um de seus canais de transmissão terrestre e, recentemente, a TV Cultura também iniciou a transmissão com áudio MPEG-H.

Projetos e Parceiros

Áudio MPEG-H na Globo

A Globo, o maior grupo de mídia do Brasil, desempenha um papel importante ao trazer novas tecnologias de transmissão para o mercado. Descubra como seus especialistas estão trabalhando com o áudio MPEG-H para oferecer personalização avançada e opções de acessibilidade.

Reproduzir vídeo
Reproduzir vídeo
Reproduzir vídeo

A Globo utiliza áudio MPEG-H em seus canais comerciais abertos de acordo com o padrão SBTVD TV 2.5. O grupo de mídia impulsiona a inovação da transmissão no Brasil e realizou a primeira vitrine da TV 3.0 durante a Copa do Mundo de 2022 no Catar.

Áudio MPEG-H na Rede Amazônica

O Grupo Rede Amazônica foi a primeira emissora da América Latina a transmitir 24 horas por dia com áudio MPEG-H em seu canal de transmissão Amazon Sat em dezembro de 2021. Sua equipe compartilhou suas experiências com a tecnologia Fraunhofer.

Reproduzir vídeo sobre Video MPEG-H Audio in Action Rede Amazonica Lopes
Reproduzir vídeo sobre Video MPEG-H Audio in Action Rede Amazonica Jeyson
Reproduzir vídeo sobre Video MPEG-H Audio in Action Rede Amazonica Costa

Depois de implementar o áudio MPEG-H em seu primeiro canal, a emissora agora habilitou o MPEG-H em seu principal canal de transmissão para fornecer uma experiência de áudio avançada para um público ainda mais amplo.

Áudio MPEG-H na Tv Cultura

A TV Cultura fez uma parceria com a Fraunhofer IIS para avaliar os recursos do sistema de áudio MPEG-H. Eles já habilitaram o sistema em seus fluxos de produção, codificadores de emissão e até abriram uma sala de demonstração dedicada onde os consumidores podem ouvir o conteúdo de áudio MPEG-H e experimentar todos os benefícios do sistema.

Notícias

Mirakulo

Fraunhofer IIS e Mirakulo trazem Áudio MPEG-H para o DTV Play do Brasil

O áudio MPEG-H é o único sistema de áudio obrigatório para serviço de transmissão de TV 3.0 da próxima geração no Brasil

Plug-in para o MPEG-H Authoring agora disponível gratuitamente no Pro Tools

Software decodificador de áudio MPEG-H agora está disponível no GitHub

MediaTek incorpora Áudio MPEG-H a sua série Pentonic de chips para TVs inteligentes e aumenta o acesso à TV 3.0 em aparelhos de TV brasileiros

A Globo habilita áudio MPEG-H em canais comerciais abertos em três estados brasileiros